Velas ao vento

Coluna de Janaina Fellini inspirada na audição do podcast “Na Ponta da Agulha, de Jorge LZ, edição: Du Gomide” com colaboração na escrita com Cristiano Castilho. Um texto feito à duas mãos. O podcast inspirado você pode ouvir abaixo: Noite passada tive um sonho: em frente a um cemitério, vi uma planta morrer. Molhei a […]

Em pleno verão: Elis, do fim ao começo

No oitavo álbum de sua carreira, Elis, que até então vinha resistindo a novas propostas sonoras que emergiam com o surgimento da Tropicália e da Jovem Guarda, traçou novos contornos com músicas de Jorge Ben, Caetano Veloso, Gilberto Gil, incluiu uma participação especial de Tim Maia na composição do próprio e se deixou levar pelas leis da impermanência.

O revolucionário dia que resgatei o colar do Chico César

No dia 2 de novembro de 2019, no Circo Voador, durante o show de lançamento de seu novo álbum, O Amor É Um Ato Revolucionário, o colar que Chico César usava caiu no palco próximo à borda. Eis que, sem nenhuma vergonha na cara, um cidadão de bem aproxima-se do palco, pega o colar e o veste tranquilamente, como um troféu. Com orgulho, volta pomposo em direção à sua acompanhante e mostra o feito mas claramente sem assumir – para si mesmo primeiramente – o ato desonesto que acabara de cometer.

Música que chama pra brincar

Eles começaram contando histórias e nelas a música, cada vez mais presente, ajudava a abrir portas para o encantamento. Essa presença foi ganhando espaços e se espalhou de um jeito que as histórias viraram canções. Assim nascia a OssoBanda, pra cantar e encantar todas as idades. Composta pela vocalista Teresa Saci, o baixista Marcelo dos […]

Artistas independentes e as percepções sobre plataformas digitais de distribuição de música

Realizar shows pela cidade, fazer uma performance semi-privada no quintal de casa, participar de shows de caridade, organizar turnês regionais, enviar versões de fitas demo para revistas/fanzines, ir a shows de outros artistas para um possível contato profissional, colar cartazes nos muros e nos postes das ruas, vender fitas cassetes e CD’s no porta-malas do carro ou em locais movimentados – como na saída de danceterias, e em postos de gasolina.

Música performance poética

Numa das direções possíveis e talvez menos comum, há uma imensa margem que conecta o mundo em música além do som, essa margem talvez seja o observar, mas também pode ser o sentir ou mesmo o expressar. Nesse imenso encontro de beiras e na divisa de estar inteiro, a jovem curitibana Ísis Odara performa entre poema, música e corpo em seu novo trabalho autoral após sua primeira experiência na vivência de YANAY.