Percepção (2018)

Percepções é uma entusiasmada seleta do primeiro álbum do gaucho Poty, que chegou em nossa curadoria já sonhado e conhecido lançamento de destaque em 2018. Então me vi na dedicação de reviver e ampliar minhas emoções em uma nova e dedicada audição.

Caso queira experienciar melhor sua primeira audição do álbum, recomendamos um bom volume e silenciosa companhia, ou, mergulhar-se em bons fones de ouvido.

Ao nascer da quente faixa “Sol Menor”, Poty nos convida a embarcar num espiral de sensações e seus climas reflexivos e íntimos, esses delicadamente ascendentes em ápices explosivos. A viagem auditiva segue carregada de ambiências galácticas iluminadas, o Silêncio correndo o espaço desaguando promessas sem evitar todas as emoções despertadas a partir delas. Choque de identidade para pessoas com “mania” por auto-crítica como eu. 

Se busca um lugar de lucidez sobre questões mais profundas e que não carregue sobretudo melancolia, Percepções parece converter bem as emoções concretas em soluções calorosas em nossos sentidos de liberdade de nós mesmos.

FICHA TÉCNICA
Produzido por Guilherme Ceron e Ian Ramil.
Gravado ao vivo por Wagner Lagemann no estúdio da Pedra Redonda, na zona sul de Porto Alegre/RS, com banda formada por Guilherme Ceron (baixo), Lorenzo Flach (guitarra) e Bruno Neves (bateria).
Overdubs gravados por Wagner Lagemann no estúdio da Pedra Redonda.
Mixagem por Guilherme Ceron e Ian Ramil, realizada na Toca do Graxaim, em Porto Alegre/RS.

Faixas 2, 3, 5, 6, 7, 10 e 12 masterizadas por Lisciel Franco, no estúdio ForestLab, em Petrópolis/RJ.

Faixas 1, 4, 8, 9 e 11 masterizadas por Guilherme Ceron na Toca do Graxaim, em Porto Alegre/RS.

Foto da capa por Nícolas Alexandrini.
Conceito visual por João Salazar.

Deixe uma resposta