Rosa Semba (2016)

Ficha Técnica: 

1. Não há nada em seu lugar  (vers. André Gabé, da canção Ain’t no sunshine when she’s gone de  Bill Withers.) 
2. Baixada (Joaquim Zion/ Dicy)
3. Equinócio (Elizeu Cardoso)
4. Se Cada Dia Cai (de Pablo Neruda traduzido pelo poeta Luiz de Miranda, musicado por Dicy)
5. Jolie (Gerson da Conceição)
6. Rosa Semba (Beto Ehongue)
7. Lavadeira (Beto Ehongue)
8. Neguinha do Carrapatal (João Madson / Gerson da Conceição)
9. Quem é essa Nega (Joao Simas)
10. Adeus Campo (cantiga de Eustáquio Rocha)

Produção: Joaquim Zion e Dicy
Criação, arranjos e mixagem: Javier Sirera
Em “equinócio, Jolie, neguinha do carrapatal e não há nada em seu lugar arranjos de Gerson da Conceição e Javier Sirera

Músicos:
Isaias Alves (bateria, Gerson da Conceição(guitarra e baixo)
João Paulo Cardoso(baixo) Marcos Lussaray (Violao, Guitarra e banjo)
Luís Cláudio e Josemar Reis (percurssão)
Javier Sirera ( Teclados)
Madrid por Guillermo Caso (Guitarra)

Foto: Marcio Vasconcelos
Assistentes de arte: Lurdes Maria Cardoso e Mariany Oliveira 
Maquiagem: Marizeth Coelho
Dicy usa criações dos artistas: Claudio Costa e Marcos Ferreira 
Projeto gráfico: Amanda Simões

Parceria: Centro de Cultura Negra do Maranhão
Patrocínio: SEBRAE/MA; SECMA Edital Universal de Apoio à Cultura Maranhense; BNB BNDES

One comment

Deixe uma resposta